quinta-feira, 29 de maio de 2014

Olá =D

Logo de manhãzinha resolvi dar um pulo ao blog e fazer um post...e se bem se lembram referi que o o fazia hoje porque amanha estaria muitoooooo ocupada! E porquê perguntam vocês...

...porque amanhã faço 6 anos de namoro e a minha mãe ofereceu-nos os bilhetes para o RiR. Assim sendo, vamos sair de casa bem cedinho, rumar a Lisboa, passear, namorar e no final dar uma olhadela a Linkin Park. Claro que depois deste extenso programa estaremos cansados demais para regressar pelo que usufruiremos de uma maravilhosa noite num hotel. Ai, não podia ser melhor.

Comecei a namorar no dia 30 de Maio de 2008 e desde aí que embarquei numa nova viagem onde pouco ou nada era conhecido. Digamos que ao longo do nosso caminho ultrapassamos imensas barreiras e são muitas as pedras que colectamos de forma a dispo-las no muro das dificuldades. No final de tudo venceu o amor e a cumplicidade e 6 anos depois cá estamos nós contra todas as expectativas. O futuro, ora esse a Deus pertence, mas eu só posso desejar que seja cor-de-rosa e repleto de maravilhosos momentos.


No meio disto tudo só consigo ver um problema...a mala! Sim, eu sei que é só uma noite, apenas dois dias. Mas não há jeito, não há forma, sou irremediável e preciso de espaço. Todo o espaço para mim. É claro que nesse espacinho o meu gostoso ainda terá de colocar os seus pertences, de alguma forma que eu aind anão descobri. Adiante...o que eu levo afinal? Bem, as mudas de roupa (2, não me parece muito) e claro os produtos de higiene e beleza (não vá o homem acordar a meio da noite e assustar-se com os meus preparos). Mas na verdade, o que mais ocupa espaço nesta mal é a vontade e o amor. Esperei muito por este dia, por poder desfrutar dele e de alguma forma poder reviver os momentos passados em 2008 quando tudo começou. Fazê-lo de uma forma diferente e mais cuidada, como a idade aliás o pede. Bem sei que não são assim tantos anos, mas já são alguns, especialmente quando se fala de um namoro começado na adolescência. Salientando também que foram anos vividos com muita intensidade, partilha, luta e sobretudo vitórias, conquistas.

Como devem calcular o meu corpinho está a pedir um sono de beleza para que amanha possa (vou tentar) acordar no meu melhor!

Desejem-me sorte. Desejem-me um bom dia.

O meu conselho é: amem. Amem muito. Amem mais ainda. Amem sem medo. Amem como se o Mundo terminasse hoje. Amem, sejam felizes.

Beijinhos da sempre apaixonada,
Carla